Tempo de Leitura: 9 minutos

As 5 plantas mais exóticas para decorar a sua casa

Bem-vindos amantes da natureza e da decoração! Se está à procura de novas formas de embelezar a sua casa e dar um toque de frescura e vida aos seus espaços, este artigo foi criado especialmente para si.

Neste texto, vamos mergulhar profundamente no fascinante mundo das plantas exóticas, aquelas espécies únicas e surpreendentes que têm o poder de transformar a sua casa num autêntico oásis tropical, se assim o desejar. Para além da estética, muitas destas plantas trazem benefícios para o ambiente interno, purificando o ar e ajudando a criar um clima mais agradável.

Garantimos-lhe que, depois de ler este artigo, ficará ansioso por acrescentar algumas destas belezas à sua coleção de plantas. Então, sem mais demoras, prepare-se para descobrir um mundo de exotismo verde!

Dicas antes de começar: Antes de adquirir qualquer planta exótica, é crucial saber sobre seus cuidados específicos. Algumas podem necessitar de mais luz, enquanto outras podem exigir umidade específica. Pesquise bem e certifique-se de que pode oferecer as condições ideais para a sua nova planta prosperar.

Plantas para decorar a sua casa

plantas mais exóticas para decorar a sua casa

Monstera deliciosa

Monstera deliciosa ou “Costela-de-Adão”, como é popularmente conhecida, é uma planta tropical que tem se destacado e conquistado corações no mundo da decoração de interiores. O seu nome é inspirado em suas folhas grandes, com perfurações, que lembram a forma de um coração, conferindo a ela um visual exótico e charmoso.

Características da Monstera deliciosa

  • Folhas imponentes: Elas são grandes, em formato de coração e com perfurações distintas. Em ambientes ideais, podem atingir tamanhos surpreendentes.
  • Cor vibrante: Possuem um verde escuro brilhante que contrasta belamente com as perfurações de tom mais claro.
  • Caules: São longos e robustos, agregando um aspecto majestoso à planta.
  • Versatilidade: É uma planta que pode ser cultivada em vasos ou como trepadeira, adaptando-se a diversos estilos decorativos.

Cuidados essenciais com a Monstera deliciosa

  • Iluminação: Ela se desenvolve bem sob luz indireta e brilhante. Evite a exposição direta ao sol, pois isso pode danificar suas folhas.
  • Rega: O solo deve ser mantido úmido, mas nunca encharcado. Durante o verão, a rega pode ser semanal e no inverno pode ser diminuída.
  • Humidade: Como boa tropical, ela ama ambientes úmidos. Mantenha a humidade borrifando água nas folhas ou colocando um recipiente com água próximo a ela.
  • Temperatura: Mantenha-a em ambientes com temperaturas entre 18-24°C, e proteja-a de correntes de ar frio.

Recomendações de localização

  • Salas de estar: Seu porte e beleza tornam-na uma adição imponente para salas amplas.
  • Espaços amplos: Dada sua potencial grandiosidade, a Monstera deliciosa se destaca mais em espaços onde pode crescer livremente.
  • Jardins de interior: É uma ótima opção para ser a estrela em jardins de interior, proporcionando um toque da selva em casa.

Dicas de design

  • Vasos e jardineiras: Uma jardineira moderna ou um cesto suspenso podem realçar ainda mais sua beleza.
  • Decoração: Combine-a com móveis de estilo tropical ou elementos étnicos, criando uma atmosfera exótica e boémia.
  • Agrupamento: Disponha várias “Costelas-de-Adão” em diferentes tamanhos, criando um recanto tropical e visualmente impactante.

Nota extra: Ao adquirir uma Monstera, certifique-se de adquirir um solo de qualidade, que ofereça a drenagem necessária. Além disso, durante o seu crescimento, pode ser necessário fornecer suportes ou tutoramento para ajudar na sustentação de seus caules e folhas.

Cacto de Natal

Procurando por uma planta exótica, mas ao mesmo tempo resistente para a decoração da sua casa? O Cacto de Natal é certamente uma escolha acertada! Originário do Brasil, este cacto epífito é renomado por suas flores vibrantes que se manifestam com todo o seu esplendor durante os meses de inverno.

Características do Cacto de Natal

  • Folhas: Possui folhas planas, com um desenho em ziguezague e segmentadas, o que lhe dá um aspecto peculiar e ornamental.
  • Flores: As flores têm formato de sino e podem ser encontradas em tons de rosa, vermelho, laranja ou branco. O mais impressionante é que elas florescem durante o inverno e mantêm sua beleza por várias semanas.
  • Cultivo: Este cacto é versátil, podendo ser cultivado em vasos comuns ou suspensos, o que o torna uma adição perfeita para qualquer ambiente interno.

Cuidados com o Cacto de Natal

  • Iluminação: Ele prospera sob luz indireta e brilhante. No entanto, é importante evitar a exposição direta ao sol, que pode prejudicar suas folhas e flores.
  • Rega: O substrato deve ser mantido levemente úmido. No inverno, recomenda-se regá-lo uma vez por semana, e na primavera e outono, duas vezes por semana. Durante o verão, a rega pode ser reduzida.
  • Temperatura: Este cacto se desenvolve melhor em temperaturas amenas, entre 15-20°C, o que o torna a escolha perfeita para ambientes internos, especialmente durante o inverno.
cactus de navidad

Recomendações de posicionamento em ambientes internos

  • Iluminação adequada: Uma dica é posicionar o cacto próximo a janelas luminosas, garantindo que ele receba a quantidade adequada de luz indireta, especialmente durante a sua fase de floração no inverno.
  • Espaços reduzidos: Devido ao seu porte compacto, é a escolha ideal para espaços mais intimistas, como prateleiras, mesas de centro ou mesas de canto.
  • Decoração suspensa: Considerando sua versatilidade, pode ser colocado em vasos pendurados, proporcionando um efeito decorativo diferenciado.

Dicas de design

  • Jogo de cores: A vasta gama de cores de flores permite combinações criativas. Misturar cores distintas pode trazer um efeito visual marcante para o ambiente.
  • Vasos temáticos: Optar por vasos com desenhos ou motivos tropicais potencializará a estética do Cacto de Natal, imprimindo mais personalidade ao espaço.
  • Composição com outras plantas: Uma estratégia atrativa é combinar o Cacto de Natal com outras suculentas ou cactos, variando tamanhos e formatos, criando uma estética harmoniosa e singular.

Nota extra: Embora muitos cactos sejam associados a climas áridos e alta resistência ao calor, o Cacto de Natal é uma exceção, tendo suas origens em ambientes mais úmidos e amenas temperaturas do Brasil. Por isso, seus cuidados são distintos dos cactos tradicionais.

Orquídea Borboleta (Phalaenopsis)

Se está à procura de uma planta que combine exotismo com elegância para adicionar charme ao seu espaço, a Orquídea Borboleta certamente se destaca. Suas flores delicadas e sua postura graciosa a tornam um símbolo de luxo e requinte em qualquer ambiente.

Características da Orquídea Borboleta

  • Flores: Ostentam pétalas que remetem ao formato de borboletas, disponíveis numa diversidade de cores como branco, rosa, lilás e amarelo.
  • Folhas: Suas folhas são grossas, carnudas e de um verde profundo, realçando sua aura elegante e distinta.
  • Cultivo: A planta é bastante versátil, podendo ser cultivada tanto em vasos individuais como em conjuntos maiores, adaptando-se facilmente a vários estilos decorativos.

Cuidados com a Orquídea Borboleta

  • Iluminação: Prefere luz indireta e brilhante. No entanto, deve-se evitar exposição direta ao sol, que pode ser prejudicial às suas folhas e flores.
  • Rega: O ideal é manter o substrato moderadamente úmido. Recomenda-se regar uma vez por semana no inverno e duas vezes semanalmente na primavera e outono. No verão, a frequência de rega pode ser diminuída.
  • Umidade: Esta orquídea aprecia ambientes úmidos. Uma boa prática é pulverizar água sobre as folhas ou colocar um recipiente com água próximo à planta. Se o ambiente for muito seco, humidificadores podem ser uma excelente opção.

Dicas de design e decoração

  • Centros de mesa: Por sua estatura e beleza, a Orquídea Borboleta serve perfeitamente como centro de mesa em salas de estar, jantar ou halls de entrada. Para um toque adicional, combine-a com elementos naturais como pedras, musgos e ramos.
  • Vasos transparentes: Uma sugestão moderna é utilizar vasos transparentes. Além de estilizados, eles permitem visualizar as raízes aéreas da orquídea, trazendo um elemento contemporâneo à decoração.
  • Estilo minimalista: Devido ao seu porte sofisticado, a orquídea se destaca particularmente em ambientes minimalistas, onde sua elegância e sutileza podem ser apreciadas em toda a sua plenitude.

Nota extra: As orquídeas são conhecidas por sua longevidade. Com os cuidados corretos, uma Phalaenopsis pode florir várias vezes ao longo do ano, trazendo alegria e sofisticação ao seu espaço por um longo período. Ao cuidar dela, é importante lembrar que suas raízes precisam respirar, portanto, um substrato apropriado e vasos com boa drenagem são essenciais.

Calathea Zebrina

A Calathea Zebrina, com seu design de folhagem exclusivo, é uma planta ornamental que se destaca no mundo botânico. Suas folhas marcantes, que parecem meticulosamente pintadas à mão, a tornam uma magnífica manifestação da natureza, adicionando um toque de exotismo ao seu espaço interior.

Características da Calathea Zebrina

  • Folhas: Ovais e amplas, possuem padrões de listras horizontais que se assemelham a pinceladas artísticas, alternando entre tons de verde escuro e verde claro.
  • Caules: Longos e esbeltos, sustentam as folhas majestosas, conferindo à planta uma postura distinta e refinada.
  • Versatilidade: Adaptável a vários ambientes, pode ser cultivada em vasos terrestres ou cestos suspensos, tornando-se flexível para diversos estilos de decoração.

Cuidados com a Calathea Zebrina

  • Iluminação: A planta prospera sob luz média indireta. Lugares como perto de janelas com cortinas translúcidas ou em ambientes iluminados naturalmente sem exposição solar direta são ideais.
  • Umidade: A Calathea Zebrina tem uma predileção por ambientes úmidos. Assim, borrifar água nas folhas ou utilizar um humidificador pode ser benéfico para a planta.
  • Rega: É essencial manter o substrato moderadamente úmido. Durante o verão, regue aproximadamente duas vezes por semana, enquanto no inverno, uma vez por semana é suficiente.

Dicas de design e decoração

  • Contraste: A folhagem estriada em matizes de verde cria uma estética atraente. Accentue sua beleza posicionando-a junto a objetos de cores sólidas, como vasos de tons neutros ou mobílias que contrastem com o verde.
  • Espaços Criativos: A vibrante Calathea Zebrina é uma adição encantadora para estúdios ou escritórios, infundindo uma dose de natureza e criatividade ao ambiente.
  • Jogo de Texturas: Experimente combinar a Calathea Zebrina com outras plantas de texturas variadas – como suculentas robustas ou delicadas plantas pendentes – para um visual diversificado e harmonioso.

Nota Adicional: A Calathea Zebrina, além de sua beleza estética, pode ser considerada um purificador natural de ar. Estas plantas são conhecidas por sua capacidade de filtrar certos poluentes do ambiente. Portanto, ao escolher essa planta, você não só embeleza seu espaço, mas também contribui para um ambiente mais saudável.

Antúrio

Reconhecido por sua beleza exótica, o antúrio destaca-se no mundo das plantas ornamentais. As suas flores com formato peculiar e coração, combinadas com suas folhas lustrosas, tornam-no uma escolha inigualável para acrescentar um toque tropical e vibrante a qualquer espaço do seu lar.

Características do antúrio

  • Flores: Estas possuem formato de coração e estão disponíveis em cores intensas, como vermelho, rosa, branco e laranja. Estas flores não são apenas pétalas, mas também incluem uma espádice, que é a estrutura central que se eleva do centro da planta.
  • Folhas: São vistosas, grandes e apresentam uma textura brilhante, lembrando formas de setas ou lanças.
  • Versatilidade: Pode ser cultivada em vasos convencionais ou em formatos suspensos, adaptando-se com facilidade a diversos estilos decorativos.

Cuidados com o antúrio

  • Iluminação: O antúrio aprecia luz indireta, mas intensa. Um local próximo a uma janela com cortinas ou onde a luz seja filtrada é o mais indicado.
  • Rega: O substrato deve ser mantido húmido, mas é fundamental evitar o encharcamento. Durante o verão, regar aproximadamente duas vezes por semana e, no inverno, uma vez é suficiente.
  • Temperatura: Esta planta tropical prefere ambientes quentes, idealmente entre 18°C e 25°C. Protegê-la de correntes de ar frio é essencial para sua saúde e vigor.

Dicas de design e ambientação

  • Ponto focal: Por ser uma planta exuberante, o antúrio pode servir como o destaque em ambientes como a sala de estar, sala de jantar ou até mesmo o hall de entrada.
  • Contraste cromático: Devido à variedade de cores de suas flores, harmonizá-las com elementos decorativos neutros ou que ofereçam contraste pode ser uma estratégia acertada.
  • Estilo tropical: Incorporá-lo em uma decoração com temática tropical ou “jungle urban” é uma excelente opção. Para intensificar esse clima, combine o antúrio com outras plantas de folhagem exuberante e adicione elementos naturais, como bambu e vime.

O antúrio, além de sua estética singular, também é conhecido por purificar o ar, eliminando certos tipos de poluentes. Por isso, ao optar por esta planta, não só estará aprimorando a estética da sua casa, mas também promovendo um ambiente mais saudável. Aprecie toda a energia e renovação que um toque de natureza pode proporcionar ao seu espaço!

Sabia que pode encontrar todas estas plantas e muito mais na nossa loja online?
Descubra todo o nosso catálogo em linha e receba-o em poucos dias no conforto do seu lar.
Compartilhar esta publicação:
Fronda, tienda de plantas
Envios grátis na tua primeira compra*
Inscreva-se no nosso #UrbangreenClub e receba o seu código para desfrutar de envio grátis na sua primeira compra!
*Apenas válido para novos clientes e não acumulável com outras ofertas.
Formulario de Suscripción

Plantas em promoção
Últimas Publicações
Guias de cuidados com plantas
Carrinho de compras