10% de desconto na primeira compra com o código: [save10]

Cuidados com a planta Jibóia (Hera do Diabo): Guia completo

Se está à procura de todas as dicas e conselhos sobre como cuidar da sua Jibóia, vai encontrá-los neste guia completo. Com as suas incríveis folhas verdes em forma de coração, a planta Jibóia é uma das mais conhecidas e comuns de todas as plantas de interior, e as suas belas folhas e o seu aspecto vistoso fazem dela a melhor aliada na decoração de espaços em sua casa. Aprenda tudo o que precisa saber com este guia super definitivo!

Cuidados com a planta Jibóia (Hera do Diabo): Guia completo

Cuidar da Planta Hera-do-Diabo

Informação básica sobre a Jibóia

Nome oficial

Epipremnum aureum

Origem da planta Jibóia ou Hera do Diabo

A Epipremnum, ou Jibóia, é originária sobretudo da Ásia tropical e subtropical, podendo também ser encontrada em muitas ilhas do Pacífico.

Outros nomes da planta

Esta planta é conhecida por inúmeros nomes, tais como: Pothos, Potus, Planta de Tonga, Goldranke, Poto, Potos, Hera do Diabo.

Curiosidades da planta

A Jibóia é conhecida pelo seu caráter robusto, muito adaptável a diferentes ambientes e, sobretudo, muito resistente a condições desfavoráveis.

Luz e localização da Jibóia

A Jibóia é uma planta que precisa de muita luz indireta. Se tivermos um local com muita luz, será perfeito para a planta. Se essa opção não existir, um local à sombra parcial é sempre melhor do que à luz direta do sol, que pode facilmente queimar a nossa Jibóia. A planta também pode desenvolver-se em locais com sombra, mas provavelmente perderá um pouco de velocidade de crescimento e não crescerá tão bem quanto em seu local preferido.

No seu habitat natural, desenvolve-se muito bem a temperaturas entre 18°C e 24°C. Não gostam muito de temperaturas frias, mas isso não significa que não possam suportá-las. É uma planta de interior por excelência, pelo que pode ser mantida no interior durante todo o ano.

As Jibóias são muito felizes em locais onde há muita umidade, como a casa de banho. Mas isto não é uma exigência, pois desenvolvem-se muito bem em locais como quartos, salas de estar ou escritórios.

Irrigação da Jibóia

A frequência de rega das Jibóias deve ser dividida em duas sessões do ano, os meses mais quentes e os meses mais frios.

✔️ Primavera/Verão: Nos meses mais quentes do ano, devemos controlar a nossa planta aproximadamente de 7 em 7 dias. Para tal, é necessário verificar se o substrato (profundidade de 2-3 cm) está seco. Se for o caso, pode regar a planta. Em geral, devemos manter o solo da nossa Jibóia sempre úmido, mas evitando afogar a planta.

✔️ Outono-Inverno: Nestes meses, os cuidados com as Jibóias são menos importantes. Só precisamos de regar a nossa planta de vez em quando. O solo da nossa Jibóia pode ser mantido mais seco durante um período de tempo mais longo. E, acima de tudo, devemos certificar-nos de que não se encontra em zonas próximas de sistemas de aquecimento.

Fertilizante para Jibóia

Recomendamos fertilizar a Jibóia na Primavera e no Verão de 14 em 14 dias, não sendo necessário um fertilizante específico para este tipo de planta. Pode utilizar um adubo universal, como o que temos no nosso catálogo de adubos.

Outros cuidados da Jibóia

Se quiser manter as folhas tão brilhantes como no primeiro dia, pode limpá-las uma vez com um pano húmido. Obviamente, se a sua planta tiver perdido a variegação das suas folhas e estiver mais verde, pode movê-la para um local com mais luz. A variegação nas folhas da planta Jibóia pode ser afetada pela quantidade de luz que a planta recebe. Se a planta estiver em um local com pouca luz, suas folhas podem se tornar mais verdes. Colocá-la em um local mais iluminado, mas ainda protegido da luz solar direta, pode ajudar a trazer de volta as cores variadas.

lasma balode 0PkidDXox40 unsplash 1

Características únicas da Jibóia (Hera do diabo)

  • A Jibóia é uma planta que purifica bastante o ar, sendo por isso recomendada para a sala de estar, o quarto, a casa de banho ou o escritório.

  • Trata-se de uma planta doméstica de fácil propagação na água, permitindo-lhe aumentar o espaço verde da sua casa.

  • Pode ser decorada e utilizada de várias maneiras: com um tutor, num vaso ou até pendurada!

Tipos e variedades da planta Jibóia

Existem mais de 15 variedades de Jibóias, sendo a Golden Pothos geralmente a mais vendida entre as plantas de interior. Entre todas estas variedades, estes são os tipos mais conhecidos:

Rainha do mármore da Jibóia

Poto Marble Queen

Jibóia Limão

Potus NeonLemon

Jibóia Prata

Potho silver

A Jibóia (Hera do diabo) é venenosa?

Sim, é venenosa, logo não recomendada para animais e crianças. Mantenha-a fora do alcance e evite mastigar as folhas.

Em certos casos, ao regar em excesso, as folhas podem produzir gotas irritantes para a pele. Para evitar isso, limpe o orvalho com um pano úmido.

Crescimento e tamanho da Jibóia

Na natureza, podem crescer até 20 metros, trepando e adotando forma de videira.

Em casa, adaptam-se facilmente ao ambiente, crescendo entre 2 e 3 metros.

Suas folhas ficam verdes e brancas com muita luz, enquanto em zonas mais escuras, tornam-se completamente verdes.

Como podar a Hera do diabo?

Esta planta é muito fácil de podar; pode cortar os seus rebentos no comprimento que desejar. A única coisa que precisa ter muito cuidado ao cortar é o líquido que os rebentos libertam. Recomenda-se vivamente o uso de luvas para evitar possíveis irritações cutâneas.

Ao podar a planta, esta ramifica-se melhor e aumenta o seu volume. A propósito, guarde as estacas da sua poda, porque pode utilizá-las para fazer estacas e multiplicar as suas Jibóias.

mel poole xowPEIJzQdk unsplash 1

Será que a Jibóia tem uma flor?

Sabias que em condições naturais a Jibóia tem flores, mas em ocasiões muito raras podemos ver uma Jibóia em flor.

Infelizmente, as Jibóias que são comercializadas são plantas que crescem a partir de estacas de plantas-mãe, e não de sementes. Isto significa que as Jibóias de interior não florescem.

Folhas amarelas na Jibóia

Estes sintomas podem ser causados por várias circunstâncias: encharcamento, ácaros ou falta de nutrientes. Infelizmente, as folhas que já estão amarelas não podem ser recuperadas, devem ser cortadas ou retiradas à mão. Em seguida, fornecemos-lhe todas as informações relativas a cada caso, para que saiba o que fazer:

Encharcamento

É um problema muito comum que pode ser muito complicado para as Jibóias e para todas as plantas de interior. Isto pode ser evitado prolongando o tempo entre as regas, como sempre dizemos, é melhor regar de menos do que regar de mais.

No entanto, quando este problema se coloca, pode fazer o seguinte:

1- Retirar a planta do vaso, retirar as raízes e a terra podre.

2- Transplante a Jibóia com um novo substrato e evite regar demasiado.

Falta de nutrientes

Pode misturar o fertilizante universal na água de irrigação da sua Jibóia ou aplicá-lo diretamente. Outra coisa que recomendamos é transplantar a sua Jibóia a cada dois ou três anos, para que o seu solo não perca os nutrientes necessários.

Ácaros

Os ácaros vermelhos são uma das pragas mais comuns nas Jibóias. Normalmente atacam quando a nossa planta está enfraquecida.

Normalmente, podem ser facilmente observados, e os sinais mais comuns de que a nossa planta tem esta praga são pequenas manchas brancas nas folhas e pequenos filamentos ao longo de todo o comprimento da planta. Isto pode ser visto muito melhor se pulverizarmos a nossa planta.

Para este tipo de pragas, recomendamos a utilização de certos produtos de tratamento especializados. Estes produtos podem ser encontrados no nosso catálogo de insecticidas.

fukayamamo porEGBrYUHo unsplash 1

Planta Jibóia com folhas castanhas

Esta é uma indicação clara de que a sua Jibóia tem falta de nutrientes ou de água; preste atenção aos seguintes pormenores:

Falta de água

Se notarmos que a terra do vaso tem fissuras e está muito seca, é altura de regar a nossa Jibóia. Neste caso extremo, recomendamos que ponha a panela de molho em água durante 15 minutos e depois deixe-a escorrer. É um problema muito fácil de resolver, mas depois disso, deve mudar a frequência da rega da sua planta.

Planta deficiente em nutrientes

Como já mencionámos anteriormente, o problema pode muitas vezes dever-se a uma falta de nutrientes na sua planta. Neste caso, se o substrato no seu vaso for bom, deve adicionar um pouco de fertilizante universal juntamente com a rega, mas não abuse.

Se notar que o solo é mau, ou se não o mudou durante algum tempo, é aconselhável transplantar a sua Jibóia com um novo substrato.

O meu Jibóia tem folhas pegajosas

Neste caso, temos de ser muito mais cuidadosos com o vosso Jibóia. Se se encontrar nesta situação, é provável que a sua planta tenha algum tipo de praga.

Se encontrarmos manchas castanhas por baixo das folhas, ou manchas brancas, estas podem ser diferentes tipos de pragas, entre elas:

– Leitão – Ácaros – Pulgões – Outras pragas comuns da Jibóia

Para combater qualquer uma destas pragas, as coisas básicas a fazer são:

1- Limpe todas as folhas da sua planta com um pano húmido. 2- Terá de tratar a planta com alguns dos produtos específicos que existem para este tipo de pragas. 3- Transplantar e deslocar sempre a planta para evitar estes problemas.

Pode encontrar mais informações sobre cada praga e como tratá-las no nosso blogue Urbangreen.

Cuidar da Planta Hera-do-Diabo

Planta Jibóia com pouca variegação

Normalmente, neste caso, é tão simples como mudar a sua planta para um local com mais luz. Isto acontece normalmente quando se encontra numa zona da casa onde não recebe muita luz. Um dos primeiros indícios deste problema é o facto de as folhas da sua planta ficarem completamente verdes.

O meu Jibóia não tem força

É totalmente o caso da situação acima descrita, o que acontece normalmente porque a planta está a receber demasiada luz. Neste caso, coloque o seu Jibóia num local mais escuro e dê-lhe tempo para relaxar e recuperar a força.

Jibóia no Inverno Como mantê-lo?

Não se preocupe, é possível manter esta planta no Inverno. Como já dissemos anteriormente, não é uma planta muito amiga do frio. Mas no Inverno é preciso prestar atenção a certos pormenores. Certifique-se de que a sua planta não está perto do sistema de aquecimento, pois este pode ser muito prejudicial para a sua planta. No Inverno, estas plantas Jibóia precisam de menos água do que nas estações mais quentes, por isso tente esperar um pouco mais entre regas.

Como transplantar um Jibóia?

É feito da mesma forma que todas as plantas de casa, e verá que é muito fácil de fazer:

1- Retire cuidadosamente a sua planta do seu vaso actual.

2- Transplanta o teu Jibóia para um novo vaso, com o substrato adequado, que podes encontrar na nossa loja.

3- Aperte a terra, mas sem exercer demasiada força, para que as raízes da sua planta tenham espaço para crescer.

4- Regue a sua planta, mas não exagere, pois já vimos os problemas que um excesso de água pode causar.

Propagação de Jibóia

Existem três maneiras muito simples de reproduzir a sua planta, seja por estacas, sementes ou a partir da própria planta, abaixo explicamos as diferentes maneiras:

Propagação de Jibóia por recortes

Esta é a melhor forma conhecida de propagação de Jibóias, pelo que se deve fazer o seguinte

1- Cortar as estacas que se vê que já têm raízes aéreas, para isso devemos observar os nós do nosso ramo Jibóia.

2- O comprimento recomendado para estas estacas é de 8-12cm e com duas ou mais folhas.

3- Colocar a estaca num copo de água, onde ela desenvolverá raízes. Não se esqueça de mudar a água todas as semanas.

4- Quando vires que as raízes têm mais de 3 cm de comprimento, é altura de colocar a tua estaca na terra. É sempre aconselhável colocar várias estacas no mesmo vaso, para obter uma planta maior. Não se esqueça de manter a terra do vaso húmida.

5- Se notar que as raízes do seu vaso, após algum tempo, estão a aparecer no fundo do vaso, é altura de o mudar para um vaso maior.

6- Depois de tudo isto, com o nosso guia de cuidados, já sabe tudo o que tem de fazer para manter o seu Jibóia saudável.

Propagação de Jibóia por semente

Uma vez que o Jibóia de interior não produz sementes, pois não produz flores, neste caso não o poderemos fazer desta forma.

Propagação de Jibóia pela mesma planta.

Esta é uma técnica menos conhecida de espalhar o Jibóia por afundamento. Isto significa que, no mesmo vaso, sem cortar os rebentos com raízes aéreas, afundamo-los no solo para favorecer a sua reprodução.

Para poder realizar esta técnica, basta observar os ramos que têm raízes aéreas, e procederemos a aproximar essas raízes do solo com a ajuda de pedras ou arames, para as fixar.

No início, não a regue demasiado, pois a planta afundará gradualmente as suas raízes para se tornar uma planta filha da planta-mãe.

Compartilhar esta publicação:
Tempo de Leitura: 9 minutos
Fronda, tienda de plantas
10% de desconto na sua primeira compra!
Inscreva-se no nosso #UrbangreenClub e receba seu cupom de desconto para sua primeira compra!
Formulario de Suscripción

Plantas em promoção
Últimas postagens
Guias de cuidados com plantas

Carrinho De Compras

0
image/svg+xml

No tienes ningún producto en tu carrito

Continue Shopping