O
Kentia palmeira
é sem dúvida uma das plantas de casa mais populares do mundo. Esta palmeira interior tem tudo o que precisa para ser uma variedade perfeita para a nossa casa, tolera sombra, frio e não cresce de forma esmagadora.
Em condições ideais, esta planta crescerá gradualmente até se tornar uma planta magnífica para decorar os nossos interiores, ou mesmo os nossos exteriores.
Originária das ilhas do Pacífico Sul, é geralmente vendida num tamanho intermédio, com múltiplos caules e bela folhagem, o que lhe confere a elegância característica desta planta.

Como já dissemos, é uma planta muito tolerante e fácil de cuidar se se tiver em conta alguns detalhes. Abaixo, encontrará um guia completo para aprender sobre os cuidados, doenças e problemas que esta variedade de palmeira pode ter.

Tudo o que precisa de saber sobre a árvore Kentia
Guia de cuidados Kentia

Como cuidar da palmeira Kentia? Dicas básicas

Para manter a sua Kentia nas melhores condições, deve pensar em climas tropicais. Para que a sua planta cresça de forma óptima, temos de tentar imitar as suas condições naturais ideais. Isto significa mantê-lo em temperaturas quentes, evitando mudanças bruscas e num ambiente húmido. Esta palma prospera melhor em lugares sombrios, por isso pode colocar esta planta em qualquer divisão da sua casa.
Depois de se ter tido a planta durante algum tempo, os cuidados são praticamente inexistentes. Só temos de nos certificar de limpar as suas folhas esporadicamente, evitar transplantes desnecessários e podas excessivas. Mas não se preocupe, explicá-lo-emos melhor abaixo:

Luz

As palmeiras Kentia, como mencionado acima, são plantas que se saem melhor em áreas com luz indirecta. Não é aconselhável expor a palmeira à luz directa do sol, pois é muito provável que as folhas ardam.
Embora seja uma planta que pode prosperar em lugares com muito pouca luz, terá mais folhagem e vitalidade se receber luz indirecta como indicámos. Portanto, o melhor a fazer é tentar assegurar que a sua palmeira receba entre 6 e 8 horas de boa luz por dia.

Solo ou substrato

É uma palma que não é muito exigente com o tipo de solo ou substrato utilizado. Podem ser muito facilmente adaptados a diferentes tipos de solos, tais como misturas de argila e areia. Contudo, a este respeito, é muito importante que a Kentia tenha uma boa drenagem, uma vez que é muito susceptível à podridão das raízes.

Irrigação

Devemos sempre assegurar-nos de que a nossa Kentia está bem hidratada, mas isto não significa que esteja inundada. Esta variedade de palmeira pode ser regada semanalmente no Verão e na Primavera. Nos períodos mais frios do ano (como acontece com quase todas as plantas) devemos reduzir um pouco a frequência da rega, idealmente de duas em duas semanas, mas é sempre melhor observar o substrato, o que não indicará exactamente quando devemos regá-lo. Muitas vezes as pontas castanhas nas folhas da kentia são uma boa indicação de que a planta precisa de mais água.

Temperatura e humidade

Devido às suas origens tropicais, a Kentia é uma palmeira que prefere climas quentes e elevada humidade, embora seja uma planta muito adaptável e robusta. A Kentia pode resistir a baixas temperaturas, mas certamente que se sairá muito bem em ambientes mais quentes.
A fim de imitar as condições naturais de humidade, é aconselhável pulverizar as folhas pelo menos uma vez por semana de vez em quando. A sua Kentia vai definitivamente adorar isto!

Fertilizante

Na Primavera e no Verão pode ser fertilizado, especialmente com fertilizantes líquidos ou fertilizantes de libertação lenta especificamente para palmeiras, ou pode ser utilizado um fertilizante universal. Dizemos sempre que a utilização de fertilizante pode ser muito positiva, mas se o utilizarmos em excesso, pode ser o contrário, por isso não o utilizemos em excesso.

Estas palmas são propensas a deficiência de potássio, que pode ser observada como necrose nas pontas das folhas. Portanto, se vir este problema na sua Kentia, recomendamos a utilização de um suplemento de libertação controlada, mas rico em potássio.

Pestes e doenças em Kentia

Tal como acontece com muitas plantas de interior, os insectos farinhentos e os ácaros são as pragas mais comuns, e claro que a Kentia não está isenta destes problemas. Aqui estão algumas dicas para o ajudar a resolver estes problemas:

Cochineal

Uma das pragas mais comuns, que pode ser muito prejudicial para as nossas palmeiras se não for detectada a tempo. Se notarmos que as folhas da nossa kentia têm pequenos insectos brancos, podemos estar na presença desta praga.
A primeira coisa a fazer é isolar esta planta do resto, uma vez que se espalha muito rapidamente entre as plantas, e não queremos que se espalhe para as outras. Ao tratar a planta contra esta praga, é aconselhável, como primeiro passo, lavar bem as folhas com água e sabão. A próxima coisa a fazer é tratar com produtos fitossanitários específicos para este tipo de praga num ambiente arejado para evitar problemas.
A duração recomendada do tratamento depende do produto utilizado, mas siga sempre as instruções e utilize um produto específico para este tipo de praga.
Existem muitos remédios caseiros para combater este problema, mas em caso algum deve aplicar álcool às folhas da sua kentia, pois este produto queima-as.

Cogumelos

Normalmente o aparecimento de fungos no solo das nossas plantas é devido a um excesso de água. Pode ser um problema muito grave para a nossa planta, mesmo que pareça inofensivo. Para resolver este problema, basta reduzir a frequência da rega até ao seu desaparecimento total.

Aranha Vermelha

Outra praga muito comum entre as plantas domésticas. Podemos distinguir esta planta pelo aparecimento de teias de aranha ou pelo aparecimento de pequenas aranhas vermelhas nas folhas da nossa planta. Para resolver o problema, só precisamos de limpar as folhas com água para eliminar todas as teias de aranha, e depois aplicar um produto fitossanitário específico para este problema.

Como recuperar uma Kentia? Outros problemas comuns

Kentia com folhas castanhas ou pontas secas

Quando a nossa Kentia apresenta este problema, é provável que não tenha sido regada o suficiente e esteja seca, ou por ter estado num ambiente muito quente. A fim de resolver este problema comum basta cortar as folhas secas ou castanhas e controlar a frequência da rega e a sua humidade.

Kentia com folhas amarelas

Outro problema está relacionado com a rega da palmeira ou sobre-fertilização. Se estamos na altura de fertilizar a nossa Kentia, devemos reduzir a dose que lhe estamos a dar. Se não estiver a fertilizá-lo e reparar que as folhas estão a ficar amarelas, a sua palma provavelmente não está a receber água suficiente, por isso controle a frequência da rega e a humidade do ambiente.

Transplantação de Kentia

Recomenda-se que a Kentia seja replanejada aproximadamente a cada 2 a 3 anos. Não é absolutamente necessário, mas se o vai fazer, há algumas coisas a ter em mente.
A primeira coisa é escolher um vaso que seja profundo e maior do que o actual, para que as suas raízes se possam propagar correctamente. É aconselhável transplantar no início da Primavera, para lhe dar tempo de se aclimatar e crescer antes da chegada do Inverno.
É muito importante evitar a compactação do solo, a fim de obter uma boa drenagem. Uma boa dica é usar algum tipo de gravilha no fundo do pote. Se as suas palmas são pequenas , pode plantar várias no mesmo vaso, a fim de aumentar o efeito folhoso.

Tem alguma dúvida ou pergunta sobre a sua planta Kentia?

Se tiver alguma questão sobre cuidados ou se apenas gostou do nosso guia, por favor deixe um comentário! A nossa equipa de jardineiros de Urbangreen terá todo o prazer em ajudá-lo com as suas perguntas.

Partilhe este artigo com os seus amigos!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Pinterest
Deixe uma resposta

Shopping cart

0
image/svg+xml

No tienes ningún producto en tu carrito

Continue Shopping